Não saí de lá a mesma pessoa

TESTIMONIOS

Sempre senti-me atraída pela ação missionária com o desejo de contribuir para um mundo melhor, mesmo sem ter tanto conhecimento sobre tal. E foi por esta via que conheci o MEL. Uma irmã denominada Jociana convidou-me para participar de uma missão em determinada cidade, o que resultou numa experiência de encontro: com Deus, com o outro, com minha vocação.

Logo em seguida veio o convite para participar do MEL. Lá fui apresentada a Maria Emília, a seu amor pela Eucaristia, Espiritualidade, Obras, Carisma. Dentre tantas qualidades de Maria Emília fascinou-me o seu estado permanente em missão: no Sim ao chamado, no abandono, na perseverança, na audácia diante de tantas dificuldades, na coragem em uma missão além-fronteiras, na vida em comunidade, oração... uma vida inteira voltada para Jesus e para os demais. Assim sendo, quanto mais próxima de Maria Emília e seu Carisma mais impulsada a ter uma vida que fosse dom para mim e para o outro.

Esses dias vivi algo sublime: participei do Capítulo Geral representando o MEL do Brasil, como família MISSAMI. A expansão missionária da nossa Congregação também se deu em “casa”, temos uma família: Religiosas e Leigos. O Espírito Santo e o testemunho das Irmãs desde Maria Emília, tem suscitado tantos outros a viverem missionária e eucaristicamente.

Dessa forma, esses dias em família foram riquíssimos em conhecimento, estreitar laços, partilha de vida e comunidade, crescimento, esperança, sentimento de pertença, vivência do Carisma, adoração, Eucaristia, testemunhos de vida...

Foram muitas dádivas, porém uma singular entre tantas outras foi visitar a Casa Madre: as palavras não seriam fiéis ao que vi, senti e vivi. Mas posso afirmar que fui envolvida por uma presença que acolhe e instiga, por uma serenidade, pela força de uma alma eucarística e missionária em sua totalidade. Uma eternidade não seria suficiente para experienciar o quanto de Eucaristia, da Imaculada e de Missão há ali! Não saí de lá a mesma pessoa.

Foram graças incessantes que me fortaleceram para que com alegria, coragem e perseverança, possa ser testemunho desse Carisma ao qual fui chamada, e possa como família e em família “fazer Jesus, conhecido, amado e adorado ( Maria Emília Riquelme).

Ivana Virgínia

Deja un comentario